Washingtonia filifera

palmeira-de-saia, palmeira-da-Califórnia, Palmeira-de-saia-da-Califórnia


Esta palmeira é nativa nos oásis do deserto da Baja California, do Arizona, nos Estados Unidos e de Sonora, no México. As folhas são grandes com forma de abano, formando uma coroa foliar com um diâmetro de dez metros, apoiado em um estipe único e acinzentado. Estas folhas, quando secam, formam uma saia profusa cor de palha que, equivocadamente, na maioria das vezes, é cortada, para a infelicidade dos pássaros que constroem seus ninhos nela. Se diferencia da W. robusta, muito usada em Los Angeles e San Diego, pelo seu porte menor e por possuir filamentos brancos nas bordas das folhas e é mais resistente ao frio e aos solos pobres.


Seus frutos, crus ou cozidos, eram consumidos pelos povos nativos que usavam suas folhas para fazer sandálias, cestas e para cobrir suas casas.

É extremamente decorativa podendo ser aproveitada em fileiras longas, de modo simétrico, ou em grupos desencontrados, formando recantos. São multiplicadas, facilmente, por sementes.

Confira a ficha completa na Biblioteca de Espécies.

Comentários
Voltar para a página inicial