Como tutorar um arbusto

  • 17 de outubro de 2018
  • Categoria: Dicas
Algumas plantas, como árvores e arbustos, necessitam de uma pequena ajudinha para que possam crescer firmes e fortes. Para isso, é possível usar o método de tutoramento, onde se cria uma estrutura de apoio para que a planta consiga se desenvolver. Recomenda-se esse método para plantas em locais com muito vento ou com solo arenoso, fatores que podem interferir no crescimento.
Existem diversos formas de tutorar um arbusto. Para escolher a melhor, deve-se levar em conta o a localização da planta, assim como sua espécie. Confira a seguir as principais formas:

1. Cercado com Estacas
Esse método é muito utilizado para árvores e arbustos pequenos. Para criar uma cerca, utiliza-se entre 3 e 4 estacas, de bambu ou de metal revestido com plástico, que não interferem no crescimento. Elas são colocadas em volta da planta e unidas com um fio de linho.
O fio deve ser colocado na metade da estaca, passando em torno das outras, bem esticado. Ao terminar, amarre as pontas com um nó e corte as sobras.
Quando a planta atingir um certo tamanho, é necessário aumentar ou remover o canteiro, para não prejudicar o crescimento.

2. Galhos
Os galhos são utilizados como estacas naturais. Eles se camuflam no jardim e degradam com o tempo, sendo uma ótima opção natural.  Além disso, pode-se utilizar galhos de outras plantas do jardim, desde que sejam fortes o suficiente para apoiar a planta. Esse método é indicado para plantas que crescem mais na horizontal, como arbustos.
Os galhos devem ser bem fixados no solo, para que não se movam com o vento. Eles podem ser organizados como um cercadinho, ou somente segurando alguns galhos. Novamente, será necessário mover ou remover os galhos conforme o crescimento da planta.

3. Uma estaca
Diferente do cercado, esse método utiliza apenas uma estaca, que deve ser amarrada junto ao galho principal, com o auxílio de um fio de linho. O galho principal fica localizado no centro da planta. Caso o caule seja dividido, é possível que exista dois galhos principais.
A estaca deve ser fixada no solo próximo à base do galho principal, totalmente na vertical.
Para amarrar, passe o fio em torno da estaca e do galho. Esse processo deve ser feito em 2 ou 3 pontos, de maneira espaçada, para que a planta fique bem apoiada.
Quando a planta tiver crescido o suficiente, é possível retirar ou realocar as estacas. Caso opte-se por realocar, é necessário apoiar mais de uma estaca em galhos mais pesados

Esse artigo ajudou você? Então não se esqueça de curtir e compartilhar. Até a próxima!

Comentários
Voltar para a página inicial