Geada no jardim: como minimizar os efeitos nas suas plantas

  • 21 de agosto de 2018
  • Categoria: Dicas
Em tempos de baixas temperaturas e seus efeitos, os apaixonados por jardins devem arregaçar as mangas e agir contra um grande inimigo do espaço verde saudável: a geada. Esse fenômeno da natureza responsável por congelar – e consequentemente queimar as plantinhas – é comumente visto nas regiões Sul e Sudeste do Brasil, e pode ter seus impactos minimizados.

A seguir, confira uma lista repleta de dicas e truques para você eliminar os riscos de ter seu espaço verde afetado pela terrível fina camada de gelo. 

Fique de olho na previsão de tempo
Nada melhor do que contar com o auxílio dessa ferramenta capaz de prever diferentes mudanças de temperatura. Ao identificar a alteração e a possibilidade de geada, siga os próximos passos.

Realize a transferência de habitar
A medida mais prática de todas: leve todos os vasos para um espaço coberto. Vale a garagem, dentro de casa ou até mesmo a lavanderia. 

Forneça a proteção para as mudinhas
Todas as mudas localizadas em terra firme devem ser protegidas e cobertas com a ajuda de estacas. Espalhe pequenos palitos de madeira e as cubra com a ajuda de sacos plásticos.

Aumente a proteção
As folhas que caíram de suas árvores podem servir de proteção para os canteiros. Espalhe-as sobre a terra, tentando manter os resquícios próximos dos caules - eles serão responsáveis por amortecer os efeitos do frio.

Aplique uma substância protetora
O óleo de Neem pode ser uma boa opção para evitar que pragas se aproveitem desse período para agir. Aplique essa substância com a ajuda de um borrifador, dando ênfase para o caule e raiz. Esse procedimento pode ser repetido uma vez por semana. 

Agora que você já está munido de dicas para enfrentar o frio e a geada, já sabe: fique de olho em nosso Blog para conferir mais informações preciosas. Esperamos você! ? 
Comentários
Voltar para a página inicial