Suculentas que florescem: conheça 6 espécies

  • 13 de julho de 2018
  • Categoria: Dicas
Hoje vamos falar sobre as queridinhas suculentas. Elas são pequenas, gordinhas e fáceis de manter, ideais para os jardineiros de primeira viagem. Amantes do sol, elas podem ficar dentro ou fora de casa, a única exigência é mantê-las com luz, fator necessário como fonte de vitamina. Mas você sabia que, além de todas essas qualidades, elas ainda produzem flores belíssimas?

Essas plantas possuem diversas formas, cores e texturas. Têm grande capacidade de armazenar água na raiz, no caule ou folhas. A maioria das suculentas se multiplica por estaquias das próprias folhas, um modo prático e fácil de propagação da plantinha.

Como cuidar?

É importante que elas fiquem em um ambiente com luz direta. As regas devem ser feitas uma vez por semana, mas se o vaso estiver muito úmido não existe a necessidade. Evite jatos de água, podem danificar as folhas.

Mantenhas a planta em local arejado, com ventilação, para evitar o surgimento de doenças e pragas do jardim. Para uma manutenção ideal é importante adubar de 3 em 3 meses, suspendendo o processo durante o inverno.

Algumas espécies que dão muita flor:

Cacto estrela (Stapelia birsuta): conhecida carinhosamente como “monstrinha”, gera uma flor do tamanho de um pires. Suas principais características são a textura e seu cheiro, fatores que atraem varejeiras, algo não muito agradável.

Onze horas (Portulaca grandiflora): esta espécie cresce em todo o país e adora um sol de rachar. Tem um colorido especial em suas flores e atrai as borboletas.

Flor da fortuna (Kalanche blossfeldiana): apesar de durar muitos anos, esta espécie costuma ser atraente apenas no seu primeiro ano. Possui flores simples de pétalas duplas e coloridas, crescendo em locais ensolarados.

Rosa do deserto (Adenium obesum): essa suculenta possuiu um tronco escultural, chamando muito a atenção de quem passar por ela. É duradoura e atinge até quatro metros de altura.

Flor de maio (Schlumbergera truncata): a preferida do beija flor, encanta pelo seu aspecto gracioso durante o outono e inverno. Seus ramos ficam carregados de flores, e com um pedacinho de ramo você já consegue novas mudas.

Rosinha de Sol (Aptenia cordifolia): possuiu flores vermelhas e conta com um crescimento rápido, não passando de quinze centímetros de altura. Sua reprodução acontece através dos pedacinhos de caule.

As suculentas são maravilhosas, não são? Confira mais algumas dicas sobre essas verdinhas aqui no blog. Até a próxima! 
Comentários
Voltar para a página inicial