Velhas inimigas do campo e dos jardins urbanos: formigas saúvas ou cortadeiras

  • 09 de julho de 2018
  • Categoria: Dicas
Marronzinha, com a cabeça gordinha, duas antenas e seis patas: essas são as características das dores de cabeça dos jardineiros. Elas chamam formigas saúvas - ou formigas cortadeiras, como também são conhecidas. Essas formigas geralmente atuam no meio rural, mas atualmente têm tido bastante participação nos desastres que ocorrem em jardins urbanos. São pragas difíceis de controlar: pequenas e rápidas, você termina com uma e logo aparecem outras. 

Quais danos elas causam nos jardins:

As formigas podem parecer pequenas e incapazes de fazer mal a um lindo jardim, mas não se deixe enganar. Além de cortar pedacinhos das folhas verdes e envelhecer visualmente sua planta, elas gostam de cultivar fungos em seus ninhos, que são buracos cavados pelas próprias formigas, impedindo que este espaço seja utilizado para plantação de mudas. As formigas carregam os pedaços de folhas até esse ninho, alojado no próprio jardim, e lá criam os fungos - que servem como alimento para os insetos, mas destroem raízes e matam mudas. Aos poucos, suas plantam perdem a vitalidade e morrem. Os fungos se multiplicam, assim como as formigas, e logo tomam conta da terra, que se torna imprópria para cultivo de novas plantas. 

Como identificar essa praga em seu jardim:

Bom, isso não é algo difícil. Apesar de pequenas, você vai notar facilmente a presença delas, basta ter atenção. As saúvas costumam sair do ninho que habitam e, em fileira, vão até as plantas colher um pedaço de folha para voltar ao ninho. Lembra dos desenhos animados sobre formigas, onde elas carregam pequenos pedaços de folhas? É assim que elas fazem no seu jardim! 

Você também vai notar a presença delas através dos rastros deixados nas folhagens. Ao fazer a rega do seu jardim, sempre observe se na borda das folhagens não está faltando nenhum pedacinho da folha e se na terra, não tem nenhum buraquinho com um monte de terra ao redor, ali pode ser o ninho da sua inimiga saúva. 

Como elas aparecem:

Basta dar uma chuvinha que lá estão elas. Para as saúvas, não existe tempo ruim. A fêmea fértil das formigas, chamada tanajura, aparece junto com as nuvens de chuvas, fazendo um voo nupcial, junto com o macho, chamado de bitus. Quando o acasalamento acontece, as tanajuras perdem as suas asas e caem no chão, assim iniciam os formigueiros. 

Como combater:

As saúvas são formigas resistem e o combate se torna mais difícil. Esteja sempre atento ao seu jardim: assim que os sinais da presença dessas formiguinhas aparecerem você já pode tomar providências. O ideal é sempre prevenir ao invés de combater, então crie barreiras físicas no jardim para evitar o acesso às folhas de suas plantas. Você pode usar materiais como canos ou baldes cortados e colocá-los ao redor das plantas. 

Mas se essa ameaça já estiver usando seu jardim como morada, você vai precisar tomar providências mais sérias. Para evitar danos à sua plantação, você pode optar por métodos naturais, que irão te ajudar a diminuir as formigas sem danificar o crescimento de suas plantas. As formigas não gostam de cheiros fortes e cultivar hortelã, gergelim preto, cenoura, batata-doce ou salsa pode ser uma ótima alternativa. Utilizar borra de café no solo, além de nutrir também pode afastar as formigas.
Esperamos que as nossas dicas ajudem a prevenir essa pequena e grande ameaça. Continue nos acompanhando para conferir outras pragas que podem colocar seu jardim pra baixo.  
Comentários
Voltar para a página inicial