Vilões noturnos do seu jardim: grilos, paquinhas e besouros

  • 21 de junho de 2018
  • Categoria: Dicas
Grilos, paquinhas e besouros pelo jardim? Apesar de pequenos, não duvide desse trio! Eles gostam de devorar folhagens e raízes, por isso fique atento às nossas dicas para identificar e evitar a visita desses vorazes indesejados. 

GRILOS

Barulhento e pequeno, esse inseto de 1,5cm costuma ser comilão e devorar o que encontra pela frente. Tem preferência por atacar as raízes e o colo das plantas. Gosta da madrugada e trabalha melhor durante a noite, portanto é difícil encontrá-lo durante o dia, mas sua presença pode ser percebida através do seu canto, utilizado para atrair as fêmeas para a reprodução.

O clima ideal para essa espécie se alojar em seu jardim é quando o solo está encharcado e com muita umidade, chuva e calor é o clima perfeito. Ele pode se esconder em qualquer espacinho que o deixe protegido da luz solar, embaixo de madeiras, ao redor de estruturas que possam fazer parte do seu jardim e até mesmo decorações.

Para evitar esse bichinho, mantenha seu jardim limpo, com a grama bem cortada e as folhagens podadas corretamente. Mas se ele já estiver habitando no seu pátio, você pode optar por outra solução. Coloque em um pote de vidro transparente água e depois acrescente melaço, o doce vai atrair o inseto até o pote e ele ficará preso. Mas fique atento, refaça a mistura periodicamente para não atrair outros insetos indesejados no jardim. 

PAQUINHAS

Esse bichinho também é difícil de ver e identificar em seu jardim, pois pertence à turminha da madrugada. Gosta de folhas e raízes, e suas patas são adaptadas para cavar buracos e destruir as raízes da sua planta. A paquinha aproveita o solo para se reproduzir, cria câmeras para depositar seus ovos e mantê-los protegidos. 

O corpo desse inseto é alongado, chega a medir de 3 a 5 centímetros e tem cor marrom. Além da adaptação das patas para escavação, a paquinha pode saltar, mas raramente ocorre. Suas asas, pouco utilizadas, chegam até o abdômen e suas antenas são longas. 

Gosta de umidade, então se você deseja evitar o aparecimento dessa praga em seu jardim, melhore o seu sistema de drenagem. Outra medida que pode ajudar é a mistura de água com detergente em um recipiente com borrifador. Você pode aplicar essa mistura no seu jardim, após o pôr do sol, para evitar danos às suas plantas. Isso fará com que as paquinhas saiam dos seus esconderijos e procurem outro habitat.

BESOUROS

É uma espécie que varia muito sua cor e tamanho, mas todos possuem asas. Dentre o trio, é o mais fácil de ser encontrado: você mesmo já deve ter visto um besourinho em sua casa, não apenas no jardim. Mas a grande maioria possui hábitos noturnos e durante o dia se esconde em cascas, folhas ou buracos no solo. 

Apesar de se esconder muito bem, sua presença pode ser facilmente notada. O besouro gosta de se alimentar de folhas, botões florais, flores e raízes, deixando rastros nas folhagens, já que seu aparelho bucal mastigador é bem desenvolvido.

Para evitar a presença desse bichinho, você pode colocar a mão na massa e retirá-los manualmente. É importante fazer a limpeza do jardim, já que as larvas dos besouros hibernam no chão. Se você retirar a fonte de alimentação delas, irão morrer e suas plantas ficarão protegidas. 

Agora, é só colocar em prática nossas dicas para manter suas plantinhas protegidas desses vilões noturnos e garantir o seu sono tranquilo. 

Continue acompanhando nossos post, temos mais vilões vindo por aí! Aguarde! ;) 
Comentários
Voltar para a página inicial