Conheça sete plantas para decoração de interiores

Quem esta pensando em incluir algumas plantas na decoração de casas e escritórios deve ficar atento às características individuais de cada tipo de planta. É importante observar como deve ser feita a rega, qual a iluminação adequada e se a planta é de solo ou se pode ser cultivada em vasos são algumas das principais informações para que ela fique sempre bela e encante a todos. 

Selecionamos sete sugestões que podem ser incluídas no seu planejamento e indicamos os cuidados básicos de cada uma delas. 

Rosa de Pedra: elas são muito resistentes e gostam de lugares quentes e de sol. Em vasos o ideal é regar duas vezes por semana, ou ao notar que a terra está seca ao toque (nunca deixe água sobrando no pratinho). Se estiver plantada no solo a rega deve ser mais constante, por conta da evaporação.   

Pau d'água: necessita de terra bem adubada. Pode ser plantado no solo e, em casos de cultivar em vasos, escolher um tamanho entre médio e grande. É necessário regar com frequência.  

Antúrio: é uma planta de fácil cultivo. Deve receber regas frequentemente, mas sem encharcar. No verão o ideal é pulverizar as folhas com água. Plantar em local sombreado e garantir calor e umidade.  

Licuala: tipo de palmeira muito usado em jardins internos. Para o cultivo deve-se manter o solo úmido e não expor diretamente ao sol para não amarelar. No verão as folhas devem ser borrifadas com água.  

Begônia: de fácil cultivo, elas são belos buquês de flores. As regas devem ser feitas duas vezes por semana - sem molhar as folhas. Manter em ambiente sombreado, longe de friagem e vento.

Costela de Adão: com nome científico de Monstera deliciosa, tem um design que dá uma aparência tropical para qualquer ambiente. Dicas: deixe perto de uma janela, para que receba luz indireta.  Precisa de regas regulares. É uma planta de grande porte, o que significa que vai precisar de espaço para se desenvolver. 

Hera: cresce rapidamente e prospera tanto em interiores quanto em ambiente externo. Você pode colocá-la em prateleiras, onde a vegetação pode cair pela parede e suavizar as linhas angulares. Também é um belo contraste contra as paredes brancas. Regas regulares são necessárias. Exponha a planta à luz indireta.
Comentários
Voltar para a página inicial