Baby leaf: sabor e qualidade que cabem na sua horta

Primeiramente, elas chamam atenção por sua delicadeza. Segundamente, por seu sabor. Pequenas, saborosas e supercrocantes, as baby leafs são hortaliças colhidas antes da hora, em tamanho menor do que o habitual. Caindo nas graças de garde mangers brasileiros, estas folhas podem ser cultivadas em sua casa. Veja como. 

Baby leaf em casa

Não tem segredos: toda a hortaliça com tamanho de 5 a 15 cm pode ser considerada uma baby leaf. Ao contrário do que muitos pensam, não existem sementes específicas para o cultivo destas variedades: basta retirar as folhas assim que considerar o tamanho ideal. 

Passo 1: as baby leafs tem o cultivo semelhante às suas versões “clássicas”. A única diferença está na disposição e maneira de posicionar as suas sementes na terra: polvilhe-as sem cuidado na superfície de uma terra adubada - sem se preocupar com a distância perfeita.

Passo 2: para aumentar as chances de seu desenvolvimento, molhe com água abundante e cubra o vaso com um  saco plástico – ele será responsável por reter a umidade e garantir que as hortaliças não tenham um solo ressecado.

Passo 3: paciência!  Em poucas semanas, a sua pequena horta terá resultados e você poderá aproveitar de todo o seu potencial gastronômico. 

2 vantagens das baby leafs

Alimentação colorida e mais saudável: se o seu filho não costuma aceitar a adição de saladas em seu prato, apresente as hortaliças em tamanho menor. Admirados pelas cores vivas e o tamanho diferenciado, os pequenos apresentam maior desejo pelo seu consumo. 

Praticidade para uma rotina atribulada: muitos produtores já comercializam embalagens fechadas e higienizadas de baby leafs. Para quem não tem tempo, esta facilidade pode ser uma ótima saída.  

E você, já conhecia essa variedade? Se ficou curioso para saber mais, fique ligado no 40º episódio da websérie Jardim das Ideias – 50 Dias de Verde: “Mãe, eu quero salada”. 

Comentários
Voltar para a página inicial