Margarida: como cuidar e cultivar essa linda flor

  • 22 de março de 2018
  • Categoria: Dicas
Elas são belas e exigem poucos cuidados. Que tal dar uma chance para as margaridas? Flor do "mal-me-quer, bem-me-quer", a Bellis perennis tem o ciclo de vida perene e origem da Europa.

Como cultivar margaridas?

As margaridas são uma das espécies que menos exigem cuidados, por isso é uma das melhores opções de flores para jardineiros iniciantes. Podem ser cultivadas em vasos ou canteiros no jardim. Essa espécie pode ser plantada a partir de sementes ou mudas compradas prontas para serem transplantadas para o solo. O local que irá receber as margaridas deve ser preparado com uma mistura de material orgânico com adição de um fortificante a base de fósforo. Além disso, o solo deve ser altamente drenável, para não haver acúmulo de água. Se a margarida for cultivada em vaso, escolha um com furo, para que o solo não fique encharcado, evitando assim o apodrecimento do caule.  

Sol e rega para margaridas

Elas exigem raios de sol pelo menos em uma parte do dia. A planta não gosta muito de frio, por isso em casos de geadas, elas devem ser protegidas. A rega deve ser feita pelo menos uma vez ao dia, mas, deve-se tomar cuidado para não encharcar o solo, pois água em demasia favorece o surgimento de fungos nocivos à planta. Evite também de fazer a rega nos horários mais quentes do dia, faça pelo início da manhã ou no final do dia.

Poda e cuidados gerais

As podas devem ser realizadas entre junho e agosto e sempre com tesouras afiadas e na diagonal dos galhos e folhas.  
Retire as folhas secas conforme as plantas vão crescendo. Para manter as flores sempre saudáveis e belas, é indicado após a floração, fazer o replantio das margaridas em outros vasos ou canteiros, cujo solo foi preparado com os mesmos substratos utilizados para o plantio da margarida.

 E você, já tem essa flor no seu jardim? Conta pra gente!
Comentários
Voltar para a página inicial