Conheça os segredos para o cultivo hidropônico de folhagens ornamentais

Quem já ouviu falar em hidroponia, sabe que é o tipo de cultivo ideal para solucionar problemas, seja por pouco espaço ou dificuldades com o solo.  A técnica pode ser aplicada tanto em áreas urbanas, como em locais com restrições à agricultura, como solos muito pobres, regiões áridas, áreas muito inclinadas.

Quando falamos em do cultivo de ornamentais, um dos principais benefícios  é o controle de pragas e fungos, graças à adubação e à nutrição criteriosas que a técnica exige. Por esse motivo, a produção pode ter grande estabilidade. As plantas se desenvolvem sem a utilização de solo, sendo alimentadas através de uma solução nutritiva em água, onde são dissolvidos sais contendo os nutrientes essenciais para as plantas. Confira: 

Dicas para o cultivo de folhagens ornamentais 

Você deve lembrar que espécies com folhas grossas são as mais indicadas. Certifique-se de que as plantas estão com suas raízes. Argila expandida ajuda a deixar a muda firme. Coloque mensalmente uma gota de NPK 10-10-10 na água (você pode encontrar em lojas agrícolas). 

Quais espécies usar?

1. Dracena -Vermelha (Cordyline terminalis): apesar de ser originária da Ásia, a dracena domina a cena dos jardins tropicais. Bem adaptada ao clima do Brasil, suas folhas são grossas, largas e mudam do vermelho para o roxo. Adoram o sol e resistem bem ao frio mais intenso.

2. Espada de São Jorge (Sansevieria trifasciata): pode ser considerada a mais resistente entre as plantas. A vantagem dessa planta é a coloração rica, com a parte de dentro pintada de verde e verde escuro e bordas amarelas. 

Gostou das dicas? Curta a nossa page para ficar sempre ligado no que está rolando no Jardim das Ideias. Compartilhe também com seus amigos. Até o próximo post. 
Comentários
Voltar para a página inicial