Tenha um sapatinho-de-judia para chamar de seu!

Pertencente à família Acantaceae, a Thunbergia mysorensis, popularmente chamada de sapatinho-de-judia, é espécie trepadeira que tem como principais característica as suas delicadas flores amarelas e acobreadas. Originária da Índia, na Ásia, esta planta é persistente e pode embelezar os jardins mesmo durante o verão.  

Ainda mais esplendida quando cultivada a pleno sol, esta planta é constantemente usada em jardins verticais e caramanchões, já que as suas lindas flores contrastam perfeitamente com o verde escuro de suas folhas. Porém, fique de olho: as suas mudas podem chegar ao tamanho de seis metros, sendo opção que precisa de espaço e sustentação. 

Garantindo um belo espetáculo aos amantes de jardins, as flores do sapatinho-de-judia são adorados por beija-flores. Quem cultiva essa espécie em seu espaço, não se cansa de avistar as cenas incríveis. Para garantir uma muda, é necessário utilizar o método de estacadas. Vale cortar o caule o seu após o florescimento.

Esta trepadeira não pode ser mantida em ambientes com temperaturas baixas, por isso, evite plantar a sua nas estações mais frias. O solo escolhido deve ser rico em matéria orgânica e conter boa drenagem. Vale rega-la duas vezes por semana após o plantio. Quando adulta, pode ser molhada quinzenalmente.

Os períodos de floração da espécie ficam entre setembro e janeiro. Para evitar fungos e outras pragas, lembre-se de cuidar com a quantidade de água depositada em sua terra. Faça o teste de toque, colocando o seu dedo na superfície. Se estiver encharcada, comece a diminuir as doses de líquido e a mantenha em ambiente arejado. 

E aí, curtiu as dicas para ter o sapatinho-de-judia em sua casa? Se sim, acompanhe as nossas postagens e veja dicas diárias para conquistar o jardim perfeito! ;)
Comentários
Voltar para a página inicial