Espécies tóxicas para gatos

As plantas são excelentes ornamentos na decoração da casa ou de um espaço aberto. Mas quem possui um integrante felino na família precisa tomar cuidado na hora de selecionar as espécies para complementar o visual de um ambiente. 

Os gatos são seres curiosos, e apesar de não serem considerados herbívoros, podem se aventurar e ingerir plantas por pura diversão. Há um ditado popular que remete a essa situação, onde a curiosidade do animalzinho pode levar ele a situações desagradáveis, e para que isso não aconteça, confira algumas espécies de plantas que podem ser consideradas tóxicas para os gatos:

• Lírio (Lilium spp): essa bela flor ornamental traz grandes complicações na saúde dos gatos quando é ingerida, atingindo o fígado e – dependendo da quantidade ingerida – causa a falência renal;

• Espada de São Jorge (Sansevieria trifasciata): a crença popular da prosperidade e proteção que essa espécie traz, faz com que ela seja muito usada na decoração dos lares brasileiros. Porém, ela possui alta toxicidade e pode causar irritação na mucosa e dificuldade de respiração nos bichanos;

• Azaleia (Rhododendron spp): planta altamente tóxica, atinge o sistema digestivo e também o sistema nervoso, levando a vômitos prolongados e a convulsões, entre outros sintomas.

Dicas para proteger o seu gato

É claro que você pode ter plantas em casa mesmo tendo gatos, mas fique atento às recomendações de segurança para que todos os seres vivos da sua casa convivam em harmonia:

• Mantenha as plantas longe do alcance do seu animal, para evitar o contato direto e a ingestão;

• Se seu gato ingerir a planta, retire imediatamente qualquer resquício da boca do animal;

• Encaminhe o animal ao veterinário levando uma amostra da planta para que o diagnóstico seja mais acertado.

Com essas dicas simples, seu animal fica em segurança e sua casa fica mais alegre! Gostou do post? Compartilhe com seus amigos!

Posts Relacionados

Comentários
Voltar para a página inicial