Aprenda como plantar tapeinóquilos

Por possuir uma beleza singular, Tapeinóquilo pode ornar jardins externos ou compor vasos e arranjos em salas residenciais, escritórios, e os mais variados ambientes.  A planta que já faz sucesso nos Estados Unidos, Canadá e vários países europeus, tem tudo para dar certo no Brasil, por se adaptar bem a regiões quentes.  Quer aprender a cultivar? Está no lugar certo. Confira nossas dicas: 

Início: antes de comprar a muda de tapeinóquilos, verifique se a planta é de qualidade e se está saudável.  

Local: plante a muda em local meia sombra - a flor não deve receber sol direto por muito tempo. Tenha o cuidado de plantar em um local com bastante ventilação, para evitar a incidência de doenças fúngicas na plantação.

Solo: deve ser fértil, rico em matéria orgânica e com boa capacidade de retenção de umidade. Faça irrigações frequentes e assegure que o local tenha drenagem eficiente.
Onde comprar: as mudas (rizomas) podem ser encontradas em viveiros de produção de flores tropicais e enviadas a longas distâncias.  

Detalhes: lembre-se que o Tapeinóquilo é uma planta de porte médio, podendo alcançar entre 1,5 a 2,5 metros de altura. Floresce entre primavera e verão, mas se bem adubado e irrigado pode produzir flores durante o ano todo. 

Curiosidades: o título Tapeinóquilo tem origem em seu nome científico Tapeinochilos ananassae, que faz referência à semelhança com o abacaxi, cujo nome é Ananas comosus. Mas sua similaridade se restringe à forma, pois o Tapeinóquilo é uma flor ornamental. 

Paisagismo: a planta valoriza jardins de inspiração tropical, canteiros, maciços e bordaduras informais, suavizando construções, cercas e muros. 

Para ficar sempre por dentro do que acontece no mundo da jardinagem, não se esqueça de curtir a nossa página no Facebook, Jardim das Ideias. Esperamos que tenha gostado das dicas! Até o próximo post. 

Posts Relacionados

Comentários
Voltar para a página inicial