Existe vaso ideal? Descubra qual o tipo que atende melhor as suas necessidades!

  • 21 de outubro de 2016
  • Categoria: Dicas
 Sempre que vamos em busca de um vaso para plantar algo levamos em consideração, primeiramente, a estética do mesmo. No entanto, você sabia que, dependendo do material que é fabricado, o vaso pode influenciar diretamente na saúde e desenvolvimento de suas plantas?   Para lhe esclarecer certas dúvidas sobre isso, trouxemos algumas informações que podem ser importantes:  

TAMANHO - Para escolher o tamanho ideal, tenha em mente qual o porte da espécie que deseja cultivar, pois quanto maior o vaso, mais espaço para se desenvolver a planta terá.  

TIPOS DE VASO  

CERÂMICA NATURAL - Como o próprio nome diz, esse vaso é feito de material natural (barro) e são facilmente encontrados em lojas especializadas. Eles retêm a umidade com facilidade, mas deve-se sempre observar se a terra dentro está úmida, caso contrário ele resseca e pode rachar.  

CERÂMICA ESMALTADA - Também podendo ser encontrados com o nome de "vaso vietnamita", esse modelo é mais resistente e durável quando comparado à cerâmica comum, além de serem ideais para o plantio de árvores e frutíferas.  

CONCRETO OU CIMENTO - Acessíveis e com uma extensa gama de tamanhos e formatos, eles são perfeitos para áreas externas. Por possuírem uma área interna menor, é importante avaliar bem as espécies que pretende cultivar nesses vasos, tendo a certeza de que poderá se desenvolver com espaço.  

MADEIRA - Eles funcionam como um tipo de “cachepô” e existem maiores cuidados. Uma vez que a terra úmida ficar constantemente em contato com a madeira existe a possiblidade de o vaso apodrecer rapidamente. Mas eles são leves, versáteis e podem fornecer um toque rústico e belo na decoração.    

VIDRO - Se você deseja decorar um ambiente temporariamente, os vasos de vidro são uma ótima solução. Quando utilizá-los para colocar plantas de corte é importante fazer a manutenção correta (trocar a água com frequência). O efeito que cria no ambiente é lindo.  

POLIETILENO – Versáteis e de fácil manutenção, eles podem ser mantidos em ambientes internos e externos. Por ser um material leve, ele é de fácil deslocamento e por possuir diversos tamanhos, são ideias para o plantio de árvores frutíferas.  

PLÁSTICO - Leve e disponível em uma infinidade de tamanhos e formatos, essa opção é mais barata, mas pode comprometer o desenvolvimento das plantas. Quando expostos ao sol, tendem a superaquecer o solo, mas se forem utilizados para mudanças ou transporte de mudas, atendem a necessidade sem maiores problemas.    

PEDRA - Por serem extremamente porosos, os vasos feitos de pedra acabam absorvendo toda a umidade da terra, mas quando utilizados com outro vaso dentro, criam uma estética interessante, principalmente nos ambientes externos.    

Agora basta qual identificar a sua necessidade e ver qual o vaso que lhe atende melhor!  
Comentários
Voltar para a página inicial