Como cultivar poejo

  • 18 de outubro de 2016
  • Categoria: Dicas
O poejo (conhecido também como hortelãzinho, erva-de-são-lourenço e menta-selvagem) é uma erva proveniente da região mediterrânea e do oriente médio, da mesma família da hortelã. Ele tem um crescimento de até 40 cm de altura e suas inflorescências roxas que lembram pequenos pompons se abrem no outono.  

Extremamente aromática, esta erva é plantada desde a antiguidade por conta de suas propriedades medicinais, principalmente no combate de males como a azia e má digestão, e por ser um excelente repelente natural contra insetos.   Na sua casa, ele pode compor uma hortinha de ervas e temperos, fazer parte de um jardim ornamental (ele é perfeito para forração por ser rasteiro e denso), ajudar a suavizar margens artificiais de cursos d’água e ser cultivado em vasinhos dentro de ambientes fechados.  

Ele adora sol pleno, solo fértil e irrigação frequente. Se desenvolve muito melhor e mais rápido em locais úmidos, próximo de corpos de água como rios e lagos, mas sua versatilidade permite que se adapte aos climas mais secos. Sua preferência é pelos climas amenos. Em regiões de muito calor, deve ser cultivado à sombra e com bastante água. 
 

Atenção: apesar de o poejo ser amplamente utilizado por suas propriedades medicinais, o uso incorreto da planta pode ser extremamente tóxico! Não consuma suas folhas e flores sem indicação de um profissional especializado. 
Comentários
Voltar para a página inicial