Aprenda a remover os espinhos dos cactos

Só quem é fã de cactos sabe: os seus espinhos são lindos, mas podem ferir a pele. Se a higienização da planta ou mudança de ambiente resultou em uma lesão, você deve investir em técnicas rápidas. Existem métodos indolores e que asseguram o alívio instantâneo.  A seguir, confira uma lista de dicas que são perfeitas para os cactomaníacos!

Acerte na remoção dos espinhos

Pinça para casos mais simples: esse acessório é ideal para a remoção dos espinhos visíveis. Antes de começar, lembre-se de investir na higienização do material: molhe as ponteiras da pinça com uma boa quantidade de álcool. Em seguida, posicione as pontas sobre as lascas e puxe suavemente. O processo é simples e praticamente indolor. 

Cera para se ver livre rapidamente: aplique uma camada fina de gel ou cera para depilação. Aguarde cinco minutos ou seque com a ajuda de um secador de cabelos em temperatura fria. Remova o cosmético espalhado sobre a pele com muito cuidado. 

Aposte no poder de cura do organismo: o espinho é pequeno e fino? Espere a remoção natural. O organismo será responsável pela expulsão desse corpo estranho. Se a pele apresentar vermelhidão, secreção amarelada ou dor excessiva vá ao dermatologista. 

Fique de olho: lesões oculares são ainda mais perigosas e pedem cuidado redobrado. Não existem técnicas caseiras para a remoção dos espinhos. Apenas o oftalmologista pode agir nesses casos. 

Truque certeiro: sentiu que um espinho feriu a sua pele? Coloque uma fita adesiva sobre a região e puxe rapidamente. A remoção será rapidinha!

Posts Relacionados

Comentários
Voltar para a página inicial