Como cuidar de uma palmeira-ráfia

  • 01 de setembro de 2015
  • Categoria: Arbustos
Não são todas as plantas que se adaptam a ambientes fechados, para falar a verdade são poucas espécies. Mas isso não quer dizer que não podemos mesclar a decoração da nossa casa ou do nosso escritório com o verde das plantas. Algumas plantas, como a Palmeira-ráfia, consegue se desenvolver muito bem em interiores.  

De origem chinesa, a palmeira-ráfia assim como a Zamioculca (que já falamos aqui no blog), é muito utilizada na decoração de ambientes internos. Conhecida também por outros nomes como Ráfis, Rápis, Palmeira-rápis, Palmeira-dama ou Jupati, é uma espécie relativamente resistente, que exige alguns poucos cuidados para manter-se saudável e bonita.  Confira quais são eles:
   

- O excesso de regas e adubo pode matar uma espécie. Por isso preste atenção nesses dois detalhes. Ela suporta muito tempo sem rega, e se ela estiver num ambiente interno, protegida do sol e da chuva, a rega pode ser feita a cada 15 dias. E no inverno a recomendação é de apenas uma vez por mês. Se a palmeira receber luz solar durante meio período, é melhor regá-la a cada dois dias. Agora se ela estiver no jardim exposta ao sol constante, o mais indicado é realizar pequenas regas diariamente.
 

- Essa é uma espécie que não precisa da reposição frequente de nutrientes. Se plantada em solo adequado, o intervalo para adubar deve ser de, no mínimo, um ano.  

- As folhas devem ser sempre brilhantes, verdes e lisas. Caso você note manchas marrons (como se estivessem queimadas) ou alguma outra coisa estranha, é melhor verificar se você não está exagerando na rega, ou até mesmo na exposição em excesso de sol ou vento.  

Lembrando que quando adulta essa espécie pode atingir até um pouco mais de 2 metros de altura. Pense nisso antes de escolher onde ela ficará dentro da sua casa, certo? E mais: locais que não permitem entrada de luz podem causar escurecimento das pontas das plantas.  

Agora é só providenciar a sua plantinha e escolher o local mais adequado para ela. Que tal?
Comentários
Voltar para a página inicial